Categoria
Cenografia Mapping Motion On Stage
Local
Centro Cultural São Paulo, 2016

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

“Adeus, Palhaços Mortos” é uma adaptação do texto “Petit Boulot pour Vieux Clown” (“Pequeno Trabalho para Velhos Palhaços”)

As Ultravioleta_s fazem uma releitura crítica de sua trajetória pregressa no universo do teatro popular circense a partir da provocação de José Roberto Jardim. O espetáculo é uma ode ao ofício da atuação e uma profunda reflexão sobre os fundamentos filosóficos da carreira artística. O público é convidado a observar três velhos palhaços condenados a rever suas escolhas éticas e estéticas em um exercício de reflexão sobre resiliência, a urgência da arte e a finitude da vida.

A cenografia é composta por um cubo com projeções mapeadas e audioreativas, construindo a ideia de um espaço vivo que ao mesmo tempo cria e encerra a encenação – um paradoxo entre a vida e a morte.

Em 2017, ganhou o Prêmio Shell de Cenografia e integrou a representação brasileira na Quadrienal “World Stage Design”, em Taipei,Taiwan. Em 2019, integrou a 14ª Quadrienal de Praga e venceu ainda o prêmio de Melhor cenografia da Bienal da ADG no mesmo ano.